Track
PEDIDO DE ORÇAMENTO

Dicas para viajar com Cão Guia

Home  |  Pets   |  Dicas para viajar com Cão Guia

Dicas para viajar com Cão Guia

Além de serem conhecidos como os melhores amigos dos humanos, alguns cães têm a função de guiarem os seus donos, possuidores de deficiência visual. E este assunto sempre gera dúvidas quando o assunto é viajar com eles.

Para homenagear esses incansáveis parceiros, separamos as seguintes dicas para viagens com cão guia:

 

1 – Comunique com antecedência

As empresas aéreas devem ser comunicadas com antecedência, algumas exigem 72 horas, outras exigem 48 horas, por isso, nossa dica é informar ao comprar o ticket do voo.  

Algumas companhias aéreas dão se o direito de definir o assento do passageiro, para acomodarem o cão guia. Normalmente ele viaja ao lado do assento do dono, no chão do avião, por isso, é importante ter sempre a coleira, a trela e uma identificação de que se trata de um cão-guia.

 

aconselhamos sempre a levar consigo um açaime

2 – Açaime

Os açaimes são exigidos por algumas companhias aéreas durante todo o voo, outras não permitem o uso do mesmo, além do que, alguns voos possuem conexão com outros países, e os aeroportos também possuem as suas regras para a circulação do cão guia.

Por isso, para evitar qualquer imprevisto, aconselhamos sempre a levar consigo um açaime pois, caso seja necessário, já o terá em mãos.

 

3 – Documentação

Para o transporte de qualquer pet, é sempre necessário ter a documentação do animal. Com o cão guia não é diferente.

Os documentos básicos, a serem apresentados no check-in e para ter em mãos durante a viagem, são:

  • Comprovante de vacinação antirrábica assinado por um veterinário e que deve ter sido aplicada há mais de 30 dias da data da viagem e a menos de 1 ano.
  • Certificado de saúde, emitido pelo veterinário, com validade de 10 dias a partir da sua data de emissão.
  • Para os voos internacionais é exigido ainda um Certificado Zoossanitário Internacional.

Algumas companhias determinam ainda que na identificação do cão, tenha ainda outras informações, como: o nome do cão e quem ele assiste, foto de ambos, nome e identificação do centro de treino ou do treinador.

 

limite a quantidade de água e comida que o cão-guia irá ingerir algumas horas antes da viagem

 

4 – Xixi e Coco

Outra dica importante é limitar a quantidade de água e comida que o cão-guia irá ingerir algumas horas antes da viagem, para que não faça xixi ou coco logo ao entrar no avião. Caso o trajeto seja longo, leve um tapete absorvente. Algumas empresas fornecem este tapete.

 

Cada vez mais as empresas aéreas dão atenção à inclusão social das pessoas e a criar normas mais fáceis para a viagem destes animais, por isso, é de suma importância mencionar que o cão-guia é utilizado por deficientes visuais para que estes realizem atividades diárias com mais facilidade. Logo, o cão-guia não é considerado apenas um animal de estimação.

 

As empresas aéreas estão a criar normas mais fáceis para a viagem dos cães guia

 

Alguns países e empresas aéreas podem ter pequenas diferenças, por isso, se faz necessário averiguar as regras antes de viajar e de comprar os tickets e lembre-se, pode sempre entrar em contacto connosco, nossa equipa da Global Pets terá todo o gosto em ajudar com essas e outras informações para o transporte de animais.

 

Boa viagem!

SEGUINTE

NOVA CARRINHA EXCLUSIVA PARA TRANSPORTE DE CÃES E GATOS